Uma adolescente de 13 anos sofreu estupro coletivo no interior de uma aldeia indígena na zona rural do município de Parauapebas, região sudeste do Pará. De acordo com familiares da vítima, a menina está internada desde o dia 30 de novembro em Ourilândia do Norte. De acordo com o pai da vítima, identificado como Antônio Gonçalves, de 41 anos, ele realizou uma denúncia ao Ministério Público Federal do Pará (MPPA) assim que teve conhecimento da situação. Ainda segundo Antônio, a mãe da adolescente vive em uma aldeia em São Félix do Xingu, região Sul do Pará.

O pai da adolescente contou que a menina foi trazida para sua casa, já em Ourilândia do Norte após o abuso por um índio, que não se identificou e foi embora logo após a ação. “Ela chegou em casa e me contou logo “pai eu fui estuprada” e aí levei ela para o hospital”. De acordo com o relato do pai da vítima, os homens chegaram em duas caminhonetes por volta da meia noite e levaram a jovem para o rio, onde teriam cometido o crime. Ele contou ainda, que um professor teria ajudado a menina e retirado a vítima do local.

A jovem teria ido para a aldeia no município de Parauapebas para estudar, já que sempre quis manter os costumes e culturas indígenas. Segundo o pai da vítima, ela está internada no Hospital Jadson Pesconi, onde a adolescente recebe atendimento médico e psicológico.   O Portal Roma News entrou em contato com o Ministério Público do Pará (MPPA) para saber mais informações sobre o caso, e aguarda retorno. 

Fonte: Portal Roma News


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Amazônia Trator Peças

Junior Ribeiro / Itaituba Pará
Amazônia Trator Peças