Patrão desconfiou que a vítima teria furtado R$ 8 mil. Homem confessou crime para parar de apanhar. Um homem foi preso em flagrante suspeito de torturar um funcionário, em Aparecida de Goiânia (GO). Segundo a Polícia Civil, o empresário acusou a vítima de furtar R$ 8 mil dele. O empregado, que nega as acusações, relatou que foi agredido por cerca de 4h, por pouco não foi eletrocutado, ficou com vários hematomas pelo corpo e até foi ameaçado de morte.

Segundo o boletim de ocorrência, o empresário esteve na delegacia para registrar uma ocorrência de furto contra o empregado, alegando que o homem confessou ter pego o dinheiro e gastado por completo. No entanto, o empregado é quem foi a delegacia para relatar a sessão de tortura. Narrou que não pegou o dinheiro, mas "porque não suportava mais apanhar", resolveu confessar.

O trabalhador alega também que o patrão amarrou uma corda em seu pescoço e tentou enforcá-lo. Em seguida, bateu com o objeto nele, mesmo ato cometido com uma mangueira. Como ele sempre negava, o empresário intensificou a tortura, com ameaças de choque e morte. Diante das lesões sofridas, a polícia entendeu que se tratava de crime de tortura e foi até a casa do empresário. Conforme a ocorrência, ele confirmou as agressões "com o intuito de fazer a vítima confessar o furto". Ele foi preso em flagrante, logo em seguida.

Fonte: G1

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/