O Pará foi o segundo estado da Amazônia Legal que mais desmatou em janeiro de 2021, segundo o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). O estado tem ainda Altamira como município que mais desmatou e as seis terras indígenas mais afetadas pelo desmatamento no período (veja nos gráficos). De acordo com o levantamento, em janeiro de 2021, o desmatamento total da Amazônia foi de 196km², índice que revela o terceiro maior valor da série histórica nos últimos dez anos. Do total, a área desmatada no Pará foi de 30%, correspondente a 58,8km². Os dados são do Sistema de Alerta do Desmatamento (SAD), que monitora via satélite as áreas desmatadas na Amazônia legal.

Ainda segundo o estudo, o município de Altamira, no sudoeste do Pará, foi o que mais desmatou a Amazônia Legal no mês de janeiro. São Félix do Xingu e Jacareacanga também aparecem na lista dos dez municípios que mais desmataram. O maior percentual de desmatamento foi registrado no estado do Mato Grosso, com 41% da área total desmatada na Amazônia no mês de janeiro deste ano. De acordo com os dados, de agosto de 2020 a janeiro de 2021, houve um aumento de 46% do índice de desmatamento em relação ao mesmo período do ano anterior.

O levantamento apontou que a maioria, cerca de 69%, do desmatamento na Amazônia, ocorreu em áreas privadas ou sob diversos estágios de posse. O restante do desmatamento foi registrado em assentamentos (16%), unidades de conservação (12%) e terras indígenas (3%). O estudo também levantou dados a respeito da área de degradação florestal, que se diferencia do desmatamento por ser um distúrbio parcial na floresta, causado pela extração de madeiras e queimadas. Por outro lado, o desmatamento consiste na conversão total da floresta para outra cobertura e uso de solo.

A área total degradada na Amazônia Legal foi de 98km² em janeiro, apontando uma redução de 43% em relação a janeiro de 2020. Do total, o Pará degradou 16% das florestas, ficando em segundo lugar no ranking, atrás apenas do Mato Grosso, que liderou com 83% de degradação.

Fonte: G1-PA


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/