Uma operação da Polícia Civil do Pará prendeu uma mulher apontada como uma das maiores estelionatárias do estado na manhã desta quarta-feira (28). Segundo a polícia, a mulher, que não teve a identidade revelada, foi capturada em Brasília, no Distrito Federal. Ela é investigada pelo desvio de mais de R$ 10 milhões de clientes de Belém, Altamira, Porto de Moz e de cidades de outros dois estados do Brasil.

De acordo com a Polícia Civil, a prisão fez parte da Operação "Litania", que cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão. A operação ocorreu de forma simultânea nas cidades de Belém, Benevides, Altamira e Porto de Moz, no Pará; e Brasília, no Distrito Federal. Nas buscas foram apreendidos aparelhos celulares, documentos e dispositivos de armazenamento. Todo o material será periciado e passa a compor o inquérito policial instaurado pela Polícia Civil.

Durante as buscas, a polícia constatou que todo o valor movimentado no esquema fraudulento foi destinado às contas da estelionatária por meio de falsos credores. As apurações também apontaram que o crime foi baseado na promessa de uma herança bilionária, em que a suspeita afirmava ter ganhado uma indenização no valor de R$ 42 bilhões, sem revelar o número do processo, alegando que tramitava em segredo na Justiça Federal, e assim aplicava o golpe. A indiciada será investigada pelos crimes contra de fraudes contra a economia popular, estelionato, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Fonte: G1-PA


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

31ª EXPOAGRO DE ITAITUBA

Junior Ribeiro / Itaituba Pará
PARTICIPE DA 31ª EXPOAGRO DE ITAITUBA: As cartelas do 1º lote estão sendo vendidas por R$130, que dará direito a entrada nas 05 noites, prestigiar na pista todos os Shows, inclusive do Gustavo Lima, e concorrer 03 carros FIAT-MOBI e 02 prêmios de 15 mil reais.