Nesta quarta-feira, 18/08/21, o aeroporto do município de Itaituba foi interditado após uma ordem judicial para a reintegração de posse de uma área nas proximidades da pista do aeroporto. A decisão pegou muita gente de surpresa, com o fechamento do aeroporto, a empresa área que opera na cidade cancelou o voo que vinha de Manaus para Itaituba, agentes da Policia Federal estiveram no local a pedido da administração municipal, devido a área ser federal.  Ainda na tarde de hoje o prefeito de Itaituba; Valmir Clímaco, esteve no local, e concedeu uma entrevista coletiva falando sobre a situação, veja a descrição da entrevista. 
“Olha ah há muito tempo, vamos dizer a uns quatro cinco anos atrás, depois que o Finado Zé Alexandre morreu, um dos filho dele diz que é dono de parte de área aqui do aeroporto, e apresentou um documento. Esse documento foi pela câmara, vamos dizer assim foi desapropriado em mil novecentos e oitenta foi desapropriado na desapropriação, está aqui a documentação foi feito na câmara passou direitinho, a prefeitura Itaituba repassou o aeroporto velho lá no centro da cidade em troca dessa área aqui, que era pro Espadim era pro Zé Alexandre Primo e outras pessoas. O que, que acontece, depois que o Zé Alexandre Primo faleceu um filho tenta dizer que essa área é dele. Nós, já apresentamos a documentação, de uma ação ali aonde é a usina de asfalto que é aquele terreno é da Prefeitura a justiça mandou reintegrar vamos dizer assim mandou tirar aí de cima e entregar pra prefeitura, esse aqui tá do mesmo jeito, esse terreno do aeroporto ele não é da Prefeitura, esse terreno é do INFRAERO, é da União, é da União é que é o dono. Nós temos um contrato que na época que o INFRAERO tocava aqui resolveu, não era lucrativo pro Governo Federal repassaram pro município e o Prefeito que era na época assumiu o aeroporto e passa Prefeito e Prefeito e o terreno do aeroporto tem que tomar de conta da Prefeitura, é todo cercado terreno do aeroporto é todo cercado, cês conhece a cerca toda do aeroporto aí é a justiça eh mandou fazer a reintegração de posse dum terreno desse aqui que vocês estão vendo que pega praticamente a cabeceira da pista, eu sou responsável pelo aeroporto não pode permitir já comunicamos ANAC, ANAC já pediu que fechasse, não foi André? Fechasse até segunda-feira enquanto vai resolver. Agora nós vamos recorrer da decisão do juiz. Nós vamos recorrer porque é uma imoralidade um terreno deste aeroporto aqui. Eu como gestor, os procurador do como a procuradora do município permitir que venha tomar um terreno no grito da prefeitura. A gente está apresentando a documentação está apresentando a demarcação o geo a posse do terreno da prefeitura e acontece o que aconteceu aqui. Mas vou obedecer a ordem judicial, mas com certeza vou recorrer. Que esses galpão também na beira da BR é proibido. Só pra você ter uma noção e vocês me acompanharam nas minhas entrevista o Governo Federal na época que o governador Helder Barbalho era arrumou quarenta milhões de reais pra fazer uma ampliação do aeroporto, e a prefeitura perdeu esse recurso por causa dessas invasão desses galpão que tem na beira da BR da Transamazônica que aí não tem terreno de ninguém. É a mesma coisa de você permitir que na calçada da sua casa alguém venha fazer uma casa na calçada da sua casa. Vou recorrer da decisão já tive com o juiz, já mostrei toda a documentação e com certeza a curto prazo nós vamos derrubar essa decisão, porque o que aconteceu aqui é imoral, é ilegal e é imoral dar uma ordem judicial pra invadir uma área do aeroporto. Avião nós não podemos ter, nós tem a área patrimonial do aeroporto Itaituba toda cercada e a área de aproximação aonde tão nessa cerca que vocês tão vendo que é quase na cabeceira da pista eh não pode permitir que um avião entre aqui num temporal vamos dizer numa chuva e vim comprometer a vida dos passageiros, do piloto, de todo mundo do avião. Então, tá interditado, a ANAC já mandou o documento, O NOTAM já foi comunicado e vamos aguardar a outra decisão, mas quero deixar bem claro que enquanto eu for prefeito de Itaituba eu vou defender o patrimônio da Prefeitura, não tem nem dúvida, ninguém vem querer invadir, levar no grito, querer conversar que eu não vou permitir não, se aí eu não posso permitir que uma área que vale milhões e milhões de reais a poucos ano nós não tem um aeroporto e tem aqui uma Gol, uma TAM, um avião maior e nós estamos aqui brigando, lutando pra haver mais investimento Governo do Estado agora liberou vinte milhões de reais mas na hora que você prepara o projeto a documentação para eh vamos dizer ser apoiado pela ah os órgãos competentes, os órgão federal eles diz porque tem não conformidade nas cabeceiras do aeroporto. Só pra vocês ter uma ideia eu estou daqui a duzentos metros da serraria minha. E eu até hoje não consegui licenciar um galpão ali porque fica muito na aproximação do aeroporto. Agora eu vou deixar as pessoas invadir. Você está vendo aqui aonde a seca estão frisando aqui? Aonde está carro ali acerca passa do lado vou defender trinta metro eu vou defender o terreno eu já tive com o juiz conversei expliquei que o juiz deu diz ele que deu a reintegração de posse nos galpão na beira da BR e aí com certeza eu não podia me meter mas entrar dentro do Prefeitura nas quatro linha aqui tudo cercadinha com pó quebra área seca uma imoralidade deu prejuízo pro município e tão querendo invadir. Mas quero dizer pra essas pessoas que enquanto eu sou Prefeito enquanto eu for vivo ninguém invade o terreno do aeroporto”.

Fonte: Junior Ribeiro 
Fotos: Marinaldo Silva 


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/