Nove pessoas são resgatadas de situação análoga à escravidão no Pará; elas bebiam água de açude onde também tomavam banho. Entre os resgatados estava um casal com bebê de 9 meses. Além de local insalubre em fazenda de Uruará, não havia carteira assinada. Empregador foi multado.
Nove pessoas foram resgatadas de situação análoga à escravidão em Uruará, sudoeste do Pará. O resgate ocorreu durante uma força tarefa realizada entre os dias 23 de fevereiro e 2 de março e divulgada nesta quinta-feira (10). Entre os resgatados estavam oito homens, além de um casal acompanhado do filho, um bebê de apenas nove meses. Eles estavam há 3 meses em uma fazenda sem água potável, banheiro e não tinham alimentação nem alojamentos adequados e não havia carteira assinada. No local, eles cuidavam de gados, aplicavam agrotóxicos em plantações e faziam construção de cercados para pastagens.
A água consumida pelos trabalhadores era de um açude, mesmo local usado para lavar roupas e tomar banho. O alojamento deles era de madeira com frestas entre as tábuas que permitiam passagem de animais peçonhentos. Segundo o Ministério Público do Trabalho, sem banheiros e as necessidades eram feitas no mato. O local de trabalho tinha barracos improvisados feitos de troncos e lonas. Não havia também equipamentos de proteção individual.
O resgate foi feito em operação conjunta da Polícia Federal, Ministério Público do Trabalho do Pará e Ministério do Trabalho e Previdência após denúncias. O nome da fazenda e a identidade do empregador não foi revelada. Ele terá que pagar multa e os direitos trabalhistas.

Fonte: G1-PA 




Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

AMAZÔNIA TRATOR PEÇAS (ITAITUBA/JACAREACANGA)

Nós trabalhamos com peças para escavadeiras e tratores em geral. Prensamos mangueiras da marca manuli, onde somos autorizados, mangueiras originais. Somos a maior distribuidora de peças para Hyundai hoje do Brasil. (93)- 3518-4435/ 99126-8091.