Um grupo de 42 pistoleiros encapuzados invadiu o acampamento Tekoha Guaviry, da comunidade Kaiowá Guarani, no estado do Mato Grosso, na manhã de Sexta Feira (18), e matou o líder da comunidade, o cacique Nísio Gomes, de 59 anos. 
As informações são da agência internacional de notícias AFP. De acordo com informações preliminares, transmitidas por integrantes da comunidade, não se sabe se além de Nísio outros indígenas foram mortos. "Todos chegaram com capuzes, jaquetas escuras e pediram que deitássemos no chão. Tinham armas calibre 12", relatou ao membro da comunidade que presenciou o ataque, ao Conselho Indígena Missionário (Cimi, vinculado à Igreja Católica).

A Polícia Federal e uma comitiva com integrantes da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e Conselho Aty Guassu (Grande Assembleia Guarani) já estão no acampamento Tekoha Guaiviry para tomar providências. (DOL

Fonte: Diario

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

estilo_uniformes

ESTILO UNIFORMES Fornecedor de fardas Uniformes Profissionais e Esportivos, Camisas promocionais, Abadás, Bordados e Pinturas em Camisas