O Tribunal de Justiça do Pará suspendeu a decisão de primeiro grau que afastou de sua função pública uma delegada da Polícia Civil lotada em Itaituba, oeste do Pará, por suposto ato de corrupção em janeiro deste ano.
O desembargador Rômulo Nunes, da Seção de Direito Penal, foi quem suspendeu os efeitos de afastamento imposto à delegada e então titular da Delegacia da Mulher de Itaituba.


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem