Vários focos de incêndio atingem o sítio arqueológico “Serra da Lua”, no Parque Estadual de Monte Alegre (Pema), no oeste do Pará, onde são encontradas pinturas rupestres que comprovam que a região foi habitada há pelo menos 11 mil anos. As chamas foram registradas no início da noite de sábado (5) e continuam neste domingo (6).
Brigadistas voluntários se uniram para combater incêndio na Serra da Lua, em Monte Alegre — Foto: Ideflor-Bio/Divulgação
De acordo com o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), que gerencia o parque e o centro de musealização que existe no local, um vigilante percebeu a cortina de fumaça por volta das 18h30 e acionou a gerência. Desde então, equipes com cerca de 30 brigadistas voluntários formadas por servidores, terceirizados e moradores das comunidades próximas trabalham para conter as chamas. O Pema pertence à Área de Proteção Ambiental Paytuna e é formado por várias serras, com terreno de difícil acesso e rochoso. Esta época do ano é marcada pelo rigoroso verão amazônico e a vegetação baixa fica ressecada, o que facilita ainda mais a propagação das chamas.

Controle de focos: Por volta das 4h deste domingo o foco próximo à Serra da Lua foi controlado e o fogo não alcançou as estruturas do complexo de visitantes do parque. Entretanto, as chamas seguem consumindo o local conhecido como Pedra do Sol (parte esquerda da Serra da Lua, onde contém as pinturas rupestres mais preservadas) e a lateral esquerda.

Postagem Anterior Próxima Postagem

31ª EXPOAGRO DE ITAITUBA

Junior Ribeiro / Itaituba Pará
PARTICIPE DA 31ª EXPOAGRO DE ITAITUBA: As cartelas do 1º lote estão sendo vendidas por R$130, que dará direito a entrada nas 05 noites, prestigiar na pista todos os Shows, inclusive do Gustavo Lima, e concorrer 03 carros FIAT-MOBI e 02 prêmios de 15 mil reais.