O caso aconteceu na tarde desta segunda feira, 20 de Janeiro de 2020, por volta das 17hs38min, em Itaituba, sudoeste do estado. 

Segundo informações repassadas pelo motorista de aplicativo em um áudio divulgado na rede social, ele diz: “...galera do grupo, o negócio é o seguinte, os taxistas me fecharam aqui no terminal hidroviário e meteram o pau no meu carro ó mano, eu tô indo direto na delegacia registrar o B.O (Boletim de Ocorrência)” ... “... as portas estavam travadas, bateram no retrovisor, quebraram o retrovisor e chutaram o carro, cara foi terrível”. 

O motorista identificado por; Samuel Pereira do Nascimento que trabalha no aplicativo de mobilidade urbana, (Urbano Norte), que está sendo implantado em Itaituba, disse ainda, que, foi ao local porque recebeu uma solicitação de um cliente, pois quando chegou na Avenida Getúlio Vargas, em frente ao terminal Hidroviário, não conseguiu contado com o suposto passageiro, foi quando tentou sair do local, e foi fechado por três taxistas, impedindo sua saída do local, e nesse momento que seu veículo foi danificado, os taxistas bateram apenas com as mãos no veículo. 

O motorista relatou ainda que uma colega que também trabalha como motorista no aplicativo recebeu uma chamada com essas características, o suposto passageiro deu o mesmo nome para as duas corridas, porém essa primeira corrida foi cancelada e a segunda, o motorista não encontrou o passageiro.  

O caso foi registrado na 19ª Seccional Urbana de Policia Civil, ainda na tarde de segunda feira, 20, policiais civis encontraram um dos taxistas que teria participado da ação. Dezenas de taxistas que são contra a implantação do aplicativo em Itaituba foram até a delegacia de polícia dar apoio ao colega. 

Obs. O espaço está aberto para qualquer posicionamento dos taxistas envolvidos na confusão ou do sindicato. 

Fonte: Junior Ribeiro 

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem