Quatro suspeitos do assalto a duas agências bancárias, em Nova Bandeirantes (MT), morreram em confronto com a polícia nesta quinta-feira (10). Os criminosos eram procurados desde a última sexta-feira (4), quando roubaram as agências e fizeram reféns. Mais de R$ 164 mil foram recuperados pela polícia. O confronto ocorreu numa área rural de Nova Bandeirantes, onde os criminosos estariam acampados. Os baleados chegaram a ser levados para o hospital, mas morreram. Uma força-tarefa composta por mais de 100 policiais, entre Batalhão de Operações Especiais (Bope) e oficiais de grupos especializados, faz buscas pelos assaltantes, desde o dia dos assaltos. 
No entanto, ninguém havia sido preso. A polícia continua as buscas para prender os outros suspeitos. De acordo com a Polícia Civil, eles roubaram três veículos para praticar os assaltos. A quadrilha usou armas de grosso calibre como fuzis .30, espingarda calibre 12 e pistolas. Ao todo, aproximadamente 20 assaltantes estão envolvidos no ataque, segundo a polícia. Os policiais do Bope foram chamados pela equipe da Força Tática, depois de virem que uma camionete branca empreendeu fuga assim que avistou a barreira policial, retornado com o veículo pela Estrada Procomp. A equipe da barreira foi atrás dos suspeitos e avistaram as pessoas abandonado o carro, correndo em direção à mata. A Força Tática acionou o Bope, que deu apoio imediato, bem como as demais viaturas da operação.
A Força Tática retornou com a camionete abandonada para o ponto da barreira. Os policiais do Bope coletaram as informações e foram em busca dos suspeitos no meio da mata. Em um dado momento, a equipe do Bope foi surpreendida por disparos de arma de fogo e iniciou-se um confronto armado. Quatro suspeitos foram atingidos.
Um dos 04 assaltantes mortos em confronto com a Polícia do Estado de Mato Grosso, após assaltarem duas agências bancarias do município Nova Bandeirantes, é Valdeir Porto Costa, natural da comunidade do Cury, município de Aveiro, no Pará. Valdeir, também morou em Itaituba, onde realizou vários assaltos na cidade, inclusive sendo preso pela polícia, e, estava no Centro Regional de Recuperação de Itaituba – CRRI, quando saiu em um dos indultos que é concedidos aos detentos, e não retornou. Valdeir Porto Costa, ultimamente estava morando em Cuiabá no Mato Grosso, e como era foragido da Justiça de Itaituba, estava usando uma nova identidade, com o nome de; Rodrigo Mota, data de nascimento, 31/12/1993, com a naturalidade de Araputanga – MT. Fonte: Junior Ribeiro. Quadrilha ataca 2 agências bancárias e faz reféns em cidade no norte de MT, VEJA OS VIDEOS
(Valdeir Porto - Usava o nome de Rodrigo Mota)

O assalto: Segundo a informações da gerente da cooperativa, por volta de 10h40, cerca de três criminosos entraram na agência e outros três ficaram do lado de fora. Eles ameaçaram as vítimas rendendo todos que estavam no local, inclusive o segurança armado. Os suspeitos fizeram vários disparos dentro e fora da agência. Dois assaltantes acompanharam a abertura do cofre central e retiraram todo o dinheiro, sendo também realizada a abertura dos caixas eletrônicos. O guarda de segurança e outras pessoas foram feitas reféns formando o ‘escudo-humano’, caracterizando a modalidade de roubo novo cangaço. O guarda foi levado pelos criminosos até a segunda agência onde era realizado outro roubo pelo mesmo grupo criminoso. Nessa agência, os criminosos agiram da mesma forma, com a atuação de aproximadamente seis criminosos, três que entraram na agência e outros três que ficaram aguardando do lado de fora.
Segundo as informações, os suspeitos chegaram em três veículos e dispararam nas portas de vidro da agência, anunciaram o assalto e perguntaram pelo gerente. Na frente da agência, os criminosos formaram o escudo humano para aguardar o tempo de 15 minutos que o gerente disse ser necessário para abertura do cofre. Dois veículos foram roubados pelos criminosos logo após o roubo ao banco. Uma vítima foi levada pelos criminosos até uma ponte, onde foi liberada e os suspeitos colocaram fogo em uma caminhonete.
Outra camionete foi incendiada nessa mesma região, um pouco mais a frente, já na saída para o Distrito de Japuranã. Os criminosos realizaram vários disparos por toda cidade e após o roubo seguiram sentido ao distrito de Japuranã. Duas pessoas foram baleadas durante o assalto, mas sem gravidade. Foram levadas ao Hospital Regional de Alta Floresta e já foram liberadas.
São eles: Romário Oliveira Batista (com antecedentes criminais por furto e roubo); Maciel Gomes de Oliveira (com passagens por furto, porte ilegal de arma, roubo e tráfico de drogas); Luiz Miguel Melek (que não tinha passagem pela polícia) e Valdeir Porto, (foragido da justiça de Itaituba, estava cumprindo pena por assalto). 

Fonte: G1-MT e Blog do Junior Ribeiro de Itaituba, PA









Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

PROMOÇÃO DE ANIVERSÁRIO DA MACHADO SPORTS

Junior Ribeiro / Itaituba Pará
NÃO PERCA A PROMOÇÃO DE ANIVERSÁRIO DA MACHADO SPORTS: DIAS: 06, 07 E 08 DE DEZEMBRO, COM ATÉ 70% DE DESCONTO, ACEITAMOS TODOS OS CARTÕES, (CRÉDITO E DEBITO). CHUTEIRAS – NIKE; CHUTEIRAS – PÊNALTIS; TÊNIS – OLIMPIKUS E CAMISA – TÉRMICA. MACHADO SPORTS: HUGO DE MENDONÇA COM A 15 DE AGOSTO. CONTATO: 093- 99111- 4153 – 3518-2869.