Nesta época do ano, é comum ver residenciais enfeitadas com arranjos natalinos, seja com árvores de Natal, luzes de pisca-pisca, entre outros adereços. No município de Garrafão do Norte, no nordeste paraense, um homem resolveu ornamentar sua casa de uma forma inusitada, colocando várias calcinhas na parede externa da sua residência. Moradores da Vila Livramento, na zona rural da cidade, descobriram que as peças íntimas haviam sido roubadas.  

Conforme informou o portal Debate Carajás, as calcinhas haviam sido furtadas do varal de roupas das vizinhas do criminoso, após serem lavadas por elas e estendidas para secar.  Ao decorar as paredes com as calcinhas, o sujeito foi identificado pelos moradores da Vila Livramento. Ao portal, a Polícia Militar informou que algumas mulheres registraram um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil de Garrafão do Norte. O caso está sob investigação.

Fetiche: O roubo de calcinhas pode ser considerado como um fetiche do criminoso. O ato é uma adoração a determinados objetos ou seres com o intuito de estimulação própria. Por meio disso, se consegue chegar de forma mais rápida a uma excitação sexual em situações específicas. O fetichismo é algo natural e pode se direcionar a diversas formas, como lamber pés ou usar trajes específicos como calcinhas. Alguma parte do corpo ou objeto não ligado ao sexo pode provocar mais excitação do que o próprio ato sexual. O fetichismo concentra a sua força interna e direciona isso a uma projeção que possa lhe trazer prazer. Embora a ideia possa causar algum estímulo, apenas o objeto de desejo em toque provoca a excitação tão desejada pelo indivíduo. 

Fonte: https://www.oliberal.com/


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Amazônia Trator Peças

Junior Ribeiro / Itaituba Pará
Amazônia Trator Peças