Neurivan Silva Sousa foi preso pela Polícia Militar acusado de tentativa de estupro na tarde deste domingo (08), em Itaituba. A vítima, de acordo com informações, seria a própria companheira. Encaminhado à 19ª Seccional de Polícia Civil, o acusado confessou ainda a autoria de um homicídio ocorrido no mês de novembro/2019, no mercado municipal de Uruará, motivado por conflitos com a vítima, identificada pelo apelido de "Gato Preto". Conforme o Investigador Ian Roberto, Neurivam, que é usuário de drogas, já foi preso várias vezes, a saber, pelo crime de tráfico e uso de entorpecentes.

Fonte: Plantão 24horas News/Repórter Marinaldo Silva

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem