Um ataque aéreo matou o líder da Guarda Revolucionária do Irã Qassem Soleimani e o comandante da milícia iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis na noite de quinta-feira (2). Segundo informações do The Sun, o corpo de Soleimani, considerada a segunda pessoa mais poderosa do Irã, foi identificado pelo anel em sua mão decepada.  Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, justificou o ataque alegando que Soleimani estava conspirando contra diplomatas norte-americanos no Iraque.
líder da Guarda Revolucionária do Irã Qassem Soleimani e o comandante da milícia iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis foram mortos na noite desta quinta-feira (2) em um ataque aéreo a seu comboio no aeroporto de Bagdá, disse um porta-voz da milícia iraquiana à agência de notícia Reuters. "O inimigo americano e israelense é responsável por matar os mujahiden Abu Mahdi al-Muhandis e Qassem Soleimani", disse Ahmed al-Assadi, porta-voz das Forças de Mobilização Popular do Iraque, que agrupa milícias apoiadas pelo Irã. A morte tem um grande impacto geopolítico em um momento que cresce a tensão entre os EUA e o Irã, que se reflete no Iraque.

Fonte: DOL 

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem