A causa da morte foi determinada como "traumatismo craniano" pela equipe médica em laudo oficial. A equipe médica divulgou nesta quinta-feira, dia 2, o laudo médico oficial atestando que a causa da morte do apresentador Gugu Liberato foi "traumatismo craniano". 

O documento informa ainda que a circunstância da morte foi um "acidente".O documento divulgado pelo estado da Flórida, dos Estados Unidos, aponta múltiplas fraturas na cabeça, pescoço e torso do apresentador, além de uma hemorragia no cérebro. A região mais afetada foi o tórax, com "contusões na parte superior direita do tórax, parte lateral direita do tórax, parte superior esquerda do tórax e parte lateral esquerda do tórax e centro do tórax".

"Em consideração às circunstâncias que cercam sua morte, e após exame do corpo, análise toxicológica e revisão da avaliação dos registros médicos, é minha opinião que a morte de Antonio Liberato, homem branco de 60 anos, que caiu através do teto de seu sótão para o chão e foi transportado para o hospital na sequência, é resultado de um traumatismo craniano", explica Joshua D. Stephany, médico legista que assina o laudo.Segundo o exame toxicológico, o apresentador não estava sob efeito de nenhum medicamento, substância ou entorpecente no momento da morte. Gugu era pai de três filhos com a médica Rose Miriam di Matteo. A companheira Rose estava com o Gugu no momento do acidente.

Fonte: www.oliberal.com

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem