A Secretaria de Estado de Saúde do Pará (Sespa), confirmou via Twitter às 14h40, desta quarta-feira (01), o primeiro óbito por Covid-19 no estado. A morte ocorreu no dia 19 de março, na vila de Alter do Chão, em Santarém, região oeste. A vítima foi uma senhora de 87 anos, que se encontrava acamada em domicílio há um ano e teve contato com pessoas vindas de fora do Pará.

De acordo com a Sespa, a amostra foi coletada e o exame foi realizado em laboratório privado e somente foi notificado à secretaria municipal de saúde de Santarém após o óbito. Informada, apenas no dia 25 de março, a Sespa conduziu inquérito epidemiológico e concluiu por validar o óbito por Covid-19.

Em entrevista coletiva no auditório do Centro de Informações Ambientais (Ciam) na tarde desta quarta-feira, o prefeito Nélio Aguiar (DEM) apresentou o resultado do exame no dia 25 de março. O exame foi realizado por laboratório particular com sede em Belo Horizonte. Não existiu notificação antes, somente após o resultado.

"O resultado foi: Detectado RNA do Covid-19, diagnóstico molecular para coronavírus, Covid-19. Com o resultado em mãos, nós iniciamos a investigação epidemiológica, porque o atendimento da paciente foi feito em domicílio, o médico que atendeu a paciente foi quem solicitou o exame, mas não notificou as secretarias de saúde, o que deveria ter sido feito", relatou Nélio Aguiar.

Até a notificação da Semsa, não havia nenhuma informação ao município sobre a coleta de material da idosa para exame. Mas, de acordo com o prefeito, desde que a Semsa soube do resultado, foram adotadas todas as medidas preventivas, inclusive comunicando a família e fazendo monitoramento epidemiológico, recomendando o isolamento.

"Provocamos o laboratório através de documento para que respaldasse o resultado do exame. E o laboratório respondeu que de fato havia feito o exame do material coletado da idosa e confirmou o resultado positivo para Covid-19. Nos respaldamos também na declaração de óbito que atestou problemas respiratórios. É lamentável, mas é verdade. A família não aceita esse resultado, é um direito da família, mas nem eu e nem o governador Helder íamos dar uma notícia como essa se não fosse verdade", disse Nélio.

Pela técnica utilizada, raramente se tem casos falso-positivos. "Solicitamos se havia amostras para fazer contraprova, mas o laboratório informou que não é obrigado a fazer reteste", explicou. Após reunir documentação e levantar mais informações sobre o caso, a Secretaria Municipal de Saúde de Santarém comunicou a Sespa, que após analisar tudo fez o anúncio oficial.

FONTE: G1-SANTARÉM-PÁ

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/