A paciente chegou ao aeroporto de Itaituba por volta das 11h20 desta quinta-feira (07), em ambulância exclusiva para o transporte de pacientes em estado grave, confirmados ou com suspeita de Coronavírus. Trata-se de uma comerciante de 32 anos de idade, que veio da comunidade garimpeira de Creporizinho. A transferência da paciente foi acompanhada por uma equipe da Secretaria de Saúde (Semsa), preparada exclusivamente para cidar de casos semelhantes, dentro do plano de contingência em enfrentamento à Covid-19 em Itaituba. O secretário de Saúde, Adriano Coutinho, a diretora do Hospital Municipal (HMI), enfermeira Joana D´Arc, e a diretora operacional da Semsa, enfermeira Greyce Fernandes, acompanharam o embarque da paciente. “Essa senhora veio da comunidade de Creporizinho na segunda-feira, quando já tínhamos conhecimento do caso e a equipe já aguardava por ela. De imediato, tomamos todas as providências; coletamos material para exame e já enviamos para que seja agilizado esse processo. Nesse momento, a senhora não entra para as estatísticas como ‘confirmado para a Covid’, já que o resultado ainda não saiu. Mas sabemos que ela apresentou um comprometimento pulmonar de 50% e, na quarta-feira, teve um agravamento do quadro clínico, indicando que ela precisava de uma estrutura de saúde maior. Foi quando cumprimos o protocolo e solicitamos vaga em Santarém”, resume o secretário Adriano Coutinho.
Em atendimento à solicitação de Itaituba, a 9ª Regional da Sespa em Santarém providenciou a vaga e mobilizou o helicóptero do socorro aeromédico, que faz parte do aparato da unidade hospitalar de campanha instalada em Santarém, para atender àquele município e às demais cidades da região Oeste do Estado. A aeronave decolou por volta das 11h50, com previsão de uma hora e dez minutos de vôo, até Santarém.
Investigação – Segundo levantou a reportagem do Portal Mauro Torres, a paciente veio de Creporizinho já com um quadro de saúde delicado. Ela foi trazida em uma aeronave de pequeno porte, que, ainda não se sabe por que razão, pousou em uma pista particular, localizada a 17 quilômetros do centro de Itaituba. A aeronave era ocupada por três passageiros e o piloto. Somente a paciente ficou na pista particular, enquanto os outros passageiros desembarcaram no Aeroporto Municipal. “Nós já acionamos a Divisão de Vigilância Sanitária e a Polícia Militar também está auxiliando nas investigações, para que tenhamos esclarecimentos sobre o por quê da aeronave ter deixado a paciente nessa pista particular. Nos parece que houve intenção de ‘esconder’ a paciente. Mas vamos investigar e, se houver necessidade, tomaremos as devidas providências, já que uma atitude dessas pode se configurar em crime contra a saúde pública”, aponta Adriano Coutinho.

Fonte: Portal Mauro Torres de Itaituba, PÁ 

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/