O delegado responsável pelas investigações da morte do menino Henry Borel, Henrique Damasceno, declarou hoje que não dúvidas sobre a autoria do crime. Na madrugada de hoje, a mãe e o padrasto do menino, o vereador Dr. Jairinho, foram presos. Segundo o delegado, a investigação ainda não foi encerrada, mas já há "provas muito fortes e muito convincentes, a respeito de toda essa dinâmica e da participação de cada um deles", declarou o delegado em entrevista coletiva nesta quinta-feira. Para ele, não há indícios de que Monique, a mãe do menino, tenha sido coagida por Jairinho, e que ela sabia sim de tudo. “Com bastante sinceridade, não é isso que percebi [que ela tenha sido ameaçada]. Ela teve inúmeros momentos em que ela poderia ter falado conosco, o depoimento foi bastante longo e ela se mostrou bastante à vontade em vários pontos dele", declarou o chefe da investigação. Em mensagens trocadas entre a mãe da criança e a babá, a polícia identificou a 'rotina de violência' que o menino sofria, outra prova de que Monique sabia das agressões sofridas pelo filho cerca de um mês antes da morte. Henry Borel foi morto com sinais de violência.  Mãe e padrasto da criança foram presos por homicídio duplamente qualificado e também por tentar atrapalhar as investigações do caso e ameaçar testemunhas para combinar versões.

Fonte: Globo.com


 

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

31ª EXPOAGRO DE ITAITUBA

Junior Ribeiro / Itaituba Pará
PARTICIPE DA 31ª EXPOAGRO DE ITAITUBA: As cartelas do 1º lote estão sendo vendidas por R$130, que dará direito a entrada nas 05 noites, prestigiar na pista todos os Shows, inclusive do Gustavo Lima, e concorrer 03 carros FIAT-MOBI e 02 prêmios de 15 mil reais.