Homem cumpria prisão domiciliar e voltou a estuprar a filha em Juruti — Foto: Polícia Civil de Juruti
A Polícia Civil prendeu, na tarde de sexta-feira (1), um homem suspeito de agredir fisicamente e estuprar a filha, na comunidade Novo Paraíso, em Juruti, no oeste do Pará. Ele cumpria prisão domiciliar e voltou a morar junto com a vítima e a cometer os crimes.
Equipe da Polícia Civil percorreu 120 km por estrada e 4 horas de canoa/rabeta até chegar a comunidade e prender suspeito de estupro — Foto: Polícia Civil de Juruti
De acordo com a PC, após vários dias sofrendo estupros, agressões e ameaças de morte, a vítima escreveu uma carta para a mãe, que procurou a polícia. A equipe de policiais, ao comando do delegado Madson Castro, percorreu 120 km por estrada e 4 horas de canoa/rabeta até chegar a comunidade, próximo a Cachoeira do Aru, e encontrar o suspeito, Brasilino Cardoso. A polícia fez diligências e pessoas confirmaram que o homem cometia os crimes com a filha. Ela havia conseguido fugir na quinta-feira (31) para Santarém, um dia antes de o pai ser preso. Os policiais foram informados de que o homem era muito temido na comunidade, que é distante e de difícil acesso. Lá, residem aproximadamente 60 pessoas.

Fonte: G1-SANTARÉM 


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/