Foi preso na tarde deste domingo, 02/02/2020, por volta das 14hs no distrito de Moraes Almeida, município de Itaituba, JHONATAN TAVARES DE SOUSA, de 30 anos de idade, foragido da justiça do Mato Grosso.

Através de uma denúncia anônima, na tarde de domingo, 02, por volta das 14hs, policiais militares destacados no distrito de Moraes Almeida, a cerca de 300 km de Itaituba, realizaram uma abordagem em um homem, que apresentou a 1ª via de sua identidade, com o nome de; CARLOS AMORIM DA CRUZ, de 35 anos, expedida em 14/05/2018, natural de MEDIANEIRA – PR, sendo filho de; EDIVAR DIAS DA CRUZ e TEREZINHA AMORIM DA CRUZ. 
(RG falsa)

O dito CARLOS AMORIM foi conduzido para o PPD do distrito para uma averiguação sobre sua real identidade. Em uma pesquisa, a polícia descobriu, que, a identidade apresentada para a polícia era falsa, o verdadeiro nome do homem é; JHONATAN TAVARES DE SOUSA, de 30 anos, foragido da justiça do Mato Grosso, contra o mesmo existe um mandado de prisão da segunda vara criminal de Cuiabá- MT, expedido em 05/10/2018, com validade até 16/07/2023.

IDENTIDADE VERDADEIRA É: 
- NOME: JHONATAN TAVARES DE SOUSA;
- DATA DE NASCIMENTO: 31/05/1990 – 30 ANOS;
- PAI: JOSÉ BENEDITO DE SOUZA NETO;
- MÃE: JOANA TAVARES DA COSTA. 
(Mandado de prisão)

JHONATAN TAVARES DE SOUSA, foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Trairão, e nesta segunda feira, 03, a justiça de Mato Grosso será comunicada sobre a prisão do mesmo. Ele é acusado  de ser o autor de um duplo homicídio contra os sogros e de uma tentativa contra a esposa em São Félix do Araguaia.

Fonte: JUNIOR RIBEIRO

ENTENDA O CASO: 

Polícia prende homem acusado de assassinar sogros. 
Da Redação - LB
24 Set 2010 - 16:23


Foi preso o autor de um duplo homicídio contra os sogros e de uma tentativa contra a e esposa. Os crimes teriam acontecido em uma fazenda próxima ao município de São Félix do Araguaia (1.200 km de Cuiabá). O acusado, Jhonatan Tavares de Souza, 20 anos, foi preso na cidade de Trindade (GO).

A prisão aconteceu depois de três meses de levantamento do serviço de inteligência da Polícia Judiciária Civil em apoio às investigações da Delegacia de São Félix do Araguaia. O preso será transferido para São Félix do Araguaia, onde responde pelo crime de homicídio duplamente qualificado e tentativa de homicídio.

As vítimas são Maria Domingas Martins Lopes Maciel e Valdir Marques Alves, mãe e padrasto da ex-mulher do acusado e sogros do preso. O acusado ainda tentou contra a vida de sua ex-esposa, Patrícia Martins Maciel, da qual estava separado há 4 meses.

De acordo com as investigações, o crime foi praticado mediante crueldade, não possibilitando defesa das vítimas. Na ocasião, o suspeito foi até a fazenda, levou presente para filhas, almoçou com a família e por volta das 13 horas foi até sua motocicleta, pegou um revólver que foi colocado por dentro da roupa. O autor chamou a ex-mulher para conversar e a ameaçou, dizendo que se ela não voltasse para ele mataria todos e em seguida se mataria.

Depois de atirar no padrasto e na mãe de Patrícia, por volta das 17 horas, o acusado passou a procurar pela ex-mulher que tinha conseguido se esconder no mato. Depois de andar cerca 6 km, a vítima conseguiu ajuda em sítio próximo. As duas filhas do casal ficaram abandonadas no local até a chegada da polícia por volta das 20 horas e teriam chorando bastante. Elas foram encontradas deitadas no chão próximas à porta dormindo.

O delegado Wilyney Santana Borges, acompanhou a prisão do acusado em Goiás. Ele disse que a polícia já monitorava o acusado e durante esse tempo ele teria passado por várias cidades daquele estado. “Contamos com apoio policial da inteligência de Goiânia”, disse. “Foi um crime que repercutiu muito pela forma que aconteceu”, complementou.

A ex-esposa do acusado, em depoimento, disse a polícia que conviveu com o preso quatro anos e com ele teve duas filhas. Também informou que a convivência estava tumultuada e toda vez que falava em deixar o investigado, ele a ameaçava de morte. Depois da separação foi morar com os pais na fazenda e nesse período o suspeito costumava ir direto a fazenda para pedir para reatarem. O preso será transferido para São Félix do Araguaia, onde responde pelo crime de homicídio duplamente qualificado e tentativa de homicídio. As informações são da Assessoria de imprensa.




Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/