As vítimas eram de Novo Progresso e foram mortas a tiros. Os corpos vieram nesta sexta-feira de Sinop para o município paraense. A Polícia Judiciária Civil (DHPP) da cidade de Sinop, no estado de Mato Grosso, investiga o duplo homicídio ocorrido na madrugada desta sexta-feira, 19, que teve como vítimas Edézio Mendes Alves Júnior e Wanderley José Silva Júnior, ambos moradores de Novo Progresso, no sudoeste do Pará. Os corpos dos dois homens foram encontrados ao lado de um Ford Ecosport branco com placa de Novo Progresso, na avenida Rute de Souza Silva, próximo ao Residencial Brasília.
(Vitimas) 
O assassinato de Edézio Júnior, de 42 anos, o 'Juninho', teve ampla repercussão nas redes sociais da região de Novo Progresso. Juninho era dono do restaurante “Panela de Barro”, e de uma loja de materiais de construção. Também foi assessor parlamentar do vereador Chico Souza (PSL). A Câmara Municipal informou que ele havia sido exonerado em dezembro de 2019.
De acordo com a Polícia Militar, os dois homens foram atingidos quando ainda estavam dentro do veículo. Após os tiros, conseguiram sair e caíram ao lado do carro
(Local do crime) 

De acordo com a Polícia MIlitar de Sinop, os corpos de Juninho e Wanderley foram achados por populares numa estrada de terra. As vítimas apresentavam perfurações de bala, sobretudo na região da cabeça. Não foi informado se a arma de fogo usada seria revólver ou pistola. “Numa análise preliminar, verificamos que eles foram atingidos quando ainda estavam dentro do veículo. Mesmo feridos, eles ainda conseguiram sair, mas caíram ao lado do carro”, informou o tenente PM Romening dos Santos Silva.No carro em que eles viajavam foram encontrados ‘tickets’ de pedágio do trajeto Cuiabá/Sinop e uma carteira de assessor parlamentar. 

O velório e o sepultamento de Edézio e Wanderley será em Novo Progresso, neste sábado, 20. Os corpos foram transportados hoje de Sinop para o município paraense.Segundo reportagens feitas por veículos de comunicação de Sinop (MT), na madrugada do crime as vítimas estiveram na Fazendinha, uma espécie de cabaré popular, e teriam saído do lugar às pressas por uma estrada de terra. Há suspeita de que teriam trocado tiros com seus executores. A polícia já abriu inquérito e investiga o caso para entender a motivação do crime.


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/