A Polícia Civil de Redenção e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) deflagraram a segunda fase da operação Lost neste final de semana. Um advogado foi preso preventivamente. É mais uma etapa da investigação sobre o desaparecimento de Cícero José Rodrigues de Souza (partido Solidariedade), desde o dia 20 de outubro de 2020. 

Ele era presidente da Associação Regional de Pessoas com Epilepsia de Redenção e candidato a vereador.Na nova fase da operação, seriam cumpridos três mandados de conversão de prisão temporária em prisão preventiva, em desfavor de três homens envolvidos no desaparecimento de Cícero José. O corpo da vítima ainda não foi encontrado. As investigações concluíram a participação de pelo menos cinco pessoas.Entre as linhas de investigação da Polícia Civil estão um crime político contra o então candidato e as verbas que a associação presidida por Cícero receberia, de quase R$ 1 milhão. Há ainda uma denúncia que ele teria feito ao MPPA, cujo teor ainda não foi revelado.

Na sexta-feira (1º), foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva e busca e apreensão em desfavor de um advogado. Além do mandado de prisão cumprido, foram apreendidos aparelhos celulares, computadores notebook e chips de celulares. Tudo será periciado em busca de mais pistas. Com o advogado, quatro pessoas já foram presas por suspeita do desaparecimento de Cícero José. Entre eles, um servidor público e um policial militar."No que tange ao mandado de medidas cautelares diversas da prisão e busca e apreensão em desfavor de outro alvo, informo que o mesmo não foi cumprido em razão do alvo estar em viagem a outro estado da Federação, mas tomou ciência da existência do mesmo através do advogado presidente da subseção de Redenção, se comprometendo a comparecer na Superintendência Regional tão logo retorne para este município, já na próxima semana", explicou o delegado Luciano Freitas Faria, Superintendente Regional do Araguaia Paraense. 

Cícero José tem 42 anos e sempre foi um membro muito atuante na saúde pública em Redenção e em conselhos nacionais. Tudo o que se sabe é que no dia do desaparecimento dele, ele faria uma viagem.Na última vez em que foi visto, por imagens de câmeras públicas, Círcero estava perto da agência do Banco do Brasil da cidade, em frente ao escritório do advogado preso. Ele iria ao Hospital Regional Público do Araguaia, mas nunca chegou lá. Ele é visto entrando num carro que pertence ao PM preso. O carro é visto saindo de Redenção, rumo à BR-158. O veículo retornou, mas a vítima não.

Fonte: https://www.oliberal.com/



Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/