O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou nesta terça-feira, 5, o projeto que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021 com o objetivo de viabilizar o Auxílio Brasil, o novo programa social do governo federal que substituirá o Bolsa Família. O texto autoriza a criação de programas de transferência de renda para enfrentamento da pobreza e da extrema pobreza, tendo como medida compensatória proposições legislativas ainda em tramitação, como é o caso do projeto de alteração do Imposto de Renda e da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que parcela o pagamento de precatórios (dívidas do governo com sentença judicial definitiva). Na prática, a nova redação da LDO permite a criação do programa antes que os recursos para custeá-lo tenham fonte certa. Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência da República informou que sanção da mudança na LDO 2021 não terá impacto no cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e que as medidas compensatórias deverão estar aprovadas no momento em que o novo programa social entrar em vigor. Atualmente, o Bolsa Família atende cerca de 14,5 milhões de famílias com um benefício médio de R$ 190. O novo programa social pretende expandir o número de beneficiários para cerca de 17 milhões e aumentar o valor médio do benefício para cerca de R$ 300. 

Com informações da Agência Brasil 


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

31ª EXPOAGRO DE ITAITUBA

Junior Ribeiro / Itaituba Pará
PARTICIPE DA 31ª EXPOAGRO DE ITAITUBA: As cartelas do 1º lote estão sendo vendidas por R$130, que dará direito a entrada nas 05 noites, prestigiar na pista todos os Shows, inclusive do Gustavo Lima, e concorrer 03 carros FIAT-MOBI e 02 prêmios de 15 mil reais.