Operação da Polícia Civil e Militar integrada de combate ao crime realizada no final da tarde de hoje, 11/12/2019 fechou um bar onde estava ocorrendo a chamada “jogatina”, esta  segundo o delegado de Polícia Civil Dr. Ariosnaldo da Silva Vital Filho  esta ligada a uma intensa e prolongada atividade de jogo em especial de jogos de azar e neste caso específico com o uso de baralhos.

Durante a abordagem policial o fato agravou-se ainda quando a polícia constatou que havia restrições judiciais impostas um dos participantes Edilberto Pereira da Cruz, natural de Madeira/Pa, para não freqüentar bares, casa de jogos e locais similares.

Segundo o delegado de Polícia Civil o estabelecimento comercial servia de “fachada” para o jogo apostado com o lance inicial de R$ 5,00 reais. Os participantes foram conduzidos para a delegacia de polícia civil para esclarecimentos sendo autuados, inclusive o dono do local Pedro Gonçalves de Lima.

O procedimento policial foi lavrado por crime de desobediência e pela contravenção de “jogos de azar” previstas em lei.  "Esses pontos já estão sendo mapeados, verificando se têm a documentação. Normalmente, são bares que funcionam até tarde e muitas vezes viram pontos de tráfico, brigas, discussões. Estamos fiscalizando estes estabelecimentos inclusive se tem alvará para funcionamento e se o mesmo não esta sendo desvirtuado para fins ilícitos. E se for fechado é um ponto a menos para dar problema", frisou o delegado.

A Operação Integrada contou com os Policiais Militares Roberto Lages dos Santos, Marlio Sousa Serra e dos Policiais Civis Gustavo Castro e Alexandre Ripper.

Fonte: Junior Ribeiro e PC de Rurópolis-PA 

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem