O Senador Zequinha Marinho (PSC), acompanhado do presidente da Associação dos Terminais Portuários e Estações de Transbordo de Cargas da Bacia Amazônica (Amport), Flavio Acatauassú, diretores e representantes das associadas da instituição, fez uma visita técnica às operações portuárias das empresas associadas, na última 2ª e 3ª feiras, em Santarém e Miritituba, distrito de Itaituba, no oeste do Pará. Na ocasião, a comitiva visitou as instalações da Bertolini, Cargill, CDP, Cianport, LDC, Hidrovias do Brasil, Unitapajós e Hidrovias do Brasil.
O objetivo da visita do parlamentar aos portos de Santarém e Miritituba foi para conhecer parte da cadeia do agronegócio e dos gargalos e as demandas para a execução de ações e obras de infraestrutura, fundamentais para o desenvolvimento do Arco Norte no corredor logístico centro-norte, formado pelas rodovias BR-163, BR-230 e Hidrovia do Tapajós.
Para consolidar o Arco Norte são necessários investimentos federais como a manutenção e concessão da BR-163 e seus acessos às Estações de Transbordo de Carga, além da implantação da Ferrogrão (EF-170) essencial para mitigação dos impactos socioambientais na região. Outro ponto defendido pelos empresários do setor é a alteração do atual traçado rodoviário de acesso aos terminais de Miritituba (Itaituba-PA), e de Santarenzinho (Rurópolis-PA), previstos na concessão da BR-163. Hoje, o acesso provisório às instalações portuárias ocorre pela Transportuária, que recebe serviços de manutenção e conservação arcados pela Amport. 
Foi também apresentado ao parlamentar os projetos de ordenamento aquaviário de fundeio e de sinalização náutica do Rio Tapajós, cujos documentos foram protocolados na Capitania Fluvial de Santarém pela Amport.  A eficiência logística poderá tornar os portos do Arco Norte na Bacia Amazônica o mais intenso e competitivo corredor de exportação de agrogranéis do Brasil.
O Senador da República, Zequinha Marinho,  e representantes da diretoria da AMPORT, fizeram uma visita técnica nesta segunda (14), às instalações do Porto da Companhia Docas do Pará (CDP), em Santarém, no oeste do Pará, e por via fluvial, ao Terminal da Cargill e à Louis Dreyfus Company  (LDC), que opera no berço público do porto de Santarém. O objetivo da visita foi conhecer os gargalos e as demandas para a implantação das obras de infraestrutura, importantes para o desenvolvimento do Estado do Pará, como a Ferrogrão e a concessão e manutenção da BR-163. Logística e infraestrutura são o binômio para que o Arco Norte se consolide como polo exportador e concentrador de investimentos.

FONTE: AMPORT


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/