Uma mulher foi detida de corrupção ativa após tentar subornar um agente de trânsito oferecendo dinheiro e favores sexuais para que o amigo dela, flagrado dirigindo embriagado, não fosse preso. O flagrante ocorreu na rod. PA-444 em Salinópolis, no nordeste do Pará, no domingo (31) e foi filmado pela câmera corporal da equipe de fiscalização. "Se tu conseguir liberar ele, a gente pode fazer um negócio aí", diz a mulher em um trecho de vídeo divulgado pelo Detran, com edições. O casal estava em um carro que acabou parado em uma blitz de fiscalização no retorno da Praia do Atalaia, uma das mais procuradas na região. O teste de bafômetro apontou a embriaguez do motorista do carro, amigo da mulher que estava no banco do carona.

Ela tentou convencer o agente de trânsito a liberar o amigo e ofereceu vantagens financeiras e sexuais, segundo o Detran. "Vou te passar meus dados, tu vai me buscar, a gente sai, faz o babado e tu libera o meu carro e meu amigo, e eu não te cobro nada", disse a mulher, conforme boletim de ocorrência.
Ela insistiu, dizendo que trabalhava em uma boate. No vídeo divulgado pelo Detran também é possível ouvir a mulher perguntando quanto os agentes queriam para liberar o homem.

Nesta segunda-feira (1º) o Departamento de Trânsito do Estado (Detran) informou em nota que a mulher estava presa aguardando a audiência de custódia. O amigo dela, flagrado dirigindo embriago, foi liberado após pagar fiança. O valor não foi informado. Ele também foi multado por embriaguez ao volante. As idades deles não foram divulgadas. O carro estava com os documentos em dia, segundo o Detran. Dirigir sob efeito de álcool é infração considerada gravíssima e a penalidade inclui multa e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Fonte: G1-PA 


Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Amazônia Trator Peças

Junior Ribeiro / Itaituba Pará
Amazônia Trator Peças