Corpo de um homem foi encontrado com pelo menos 15 perfurações de tiros em Santarém — Foto: Polícia Civil de Santarém/Divulgação
O corpo do colombiano foi encontrado com marcas de tiros dia 7 de janeiro. Segundo a polícia, todas as informações e testemunhas apontam para o suspeito.
Suspeito de envolvimento na morte do colombiano John Jairo, foi preso nesta quarta (27), em Santarém  — Foto: Débora Rodrigues/TV Tapajós
Foi preso pela Polícia Civil de Santarém, no oeste do Pará, um homem suspeito de envolvimento no homicídio de um colombiano encontrado em um ramal na comunidade Tipizal no dia 7 de janeiro. No corpo haviam cerca de 15 perfurações de tiros. A polícia identificou a vítima como sendo John Jairo. Segundo a polícia, todas as informações e testemunhas apontam para o suspeito Wagner Barbosa Lopes, de 28 anos, que foi preso nesta quarta-feira (27) na casa de familiares no bairro Maicá.

Dias após o crime, Fábio César Xavier Menezes foi preso por envolvimento nesse homicídio, sendo o principal suspeito de ter realizado a execução. Desde o ocorrido, a polícia investigava a participação de outras pessoas nesse crime.

O delegado da divisão de homicídios, Dmitri Teles, contou que em depoimento Wagner assume que foi chamado para vender entorpecentes e foi ele quem pilotou o veículo que levou o colombiano até o local onde ele foi executado. “Os elementos que colhemos apontam para a participação dele no crime. Agora ele deve responder pelos atos dele”, disse o delegado.

O suspeito nega que tenha participado do crime. “Tenho a preventiva de um outro problema judicial aí. Nada relacionado com esse crime”, disse Wagner.

O crime pode ter sido motivado por acerto de contas, segundo a polícia. O delegado que comanda as investigações disse que mais pessoas podem estar envolvidas no caso. “Várias pessoas participaram da morte do colombiano, pelas investigações que nós realizamos, um já está preso, foi cumprido o mandado de prisão temporária e deve ser cumprido o mandado de prisão preventiva. Contra o Wagner foi cumprido o mandado de prisão preventiva, então há elementos sólidos que apontam para a participação dele”, explicou o delegado de homicídios.

Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/