O piloto do avião monomotor Cessna 210, que afundou nas águas do Rio Tapajós entre a Ponta do Muretá, em Santarém, e a praia do Pindobal, em Belterra, oeste do Pará, na tarde de terça-feira (12), procurou a 16ª Seccional de Polícia Civil para registrar a ocorrência.

De acordo com escrivão Itamar Santos, o piloto Paulo Viana foi orientado a procurar a UIPP da vila de Alter do Chão, para registrar o incidente com a aeronave, uma vez que o local do fato está na área de abrangência daquela unidade policial.
Equipes da Marinha do Brasil integram operação para resgatar piloto desaparecido no Rio Tapajós — Foto: Kamila Andrade/G1
Ainda segundo o escrivão, o piloto informou que saiu do aeroporto de Santarém na tarde de terça-feira e tinha como destino o município de Itaituba. O motor falhou três vezes. Ele tinha a intenção de pousar o avião na praia do Pindobal, como não conseguiu, abriu a porta da aeronave e conseguiu sair. Depois ficou sobre a aeronave cerca de 20 minutos e então nadou aproximadamente 200 metros até à margem do rio.

O piloto relatou ainda que um carro passava pela praia e o condutor ao ver o avião na água, parou. O piloto que já estava na margem pediu ao homem que parou com o carro que ligasse pra a polícia pedindo resgate.
Socorristas do Samu foram para praia de Pindobal para prestar socorro ao piloto do avião — Foto: Kamila Andrade/G1
Equipes do Samu, Corpo de Bombeiros, Capitania Fluvial de Santarém e Polícia Civil foram até o local indicado no pedido de socorro para resgatar o piloto no final da tarde de terça, mas Paulo Viana não foi localizado. O piloto, no entanto, fez contato com familiares e amigos informando que estava bem, sem ferimentos.

O avião não pertencia a Paulo Viana. O proprietário da aeronave acompanhou o piloto até a 16ª Seccional de Polícia Civil na tentativa de registrar boletim de ocorrência na noite de terça, o que deve ser feito nesta quarta (13), na UIPP de Alter do Chão.

Comunicação pós-pouso: Após o pouso, Paulo conseguiu ligar para um amigo e informar a localização de onde o pouso ocorreu. O piloto disse ainda que estava bem, não tinha ferimentos, e que aguardava resgate às margens do rio.



Post a Comment

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!

Postagem Anterior Próxima Postagem

CASA DOS PADRÕES E ENERGIA SOLAR:

Está pagando talão de energia com valores exorbitantes? Quer pagar só a taxa mínima?Entre em contato com nossa equipe que está esperando para lhe atender.- Loja: (93) 99241-1288 – - Setor Técnico: (93) 99193-1288. - E-mail: casadospadroes.stm@gmail.com - Site: https://www.casadospadroes.com.br/energia-solar - https://www.instagram.com/casadospadroes.energiasolar/